Focado no bem-estar comum, cooperativismo continua em ascensão

Por Jean 08/07/2019 - 12:16 hs


O cooperativismo é uma filosofia de vida que busca transformar o mundo em um lugar mais justo, incentivando o empreendedorismo coletivo, criando oportunidades de negócio e promovendo o crescimento social e econômico com sustentabilidade. 

Devido a sua grande importância, no dia 6 de julho é comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo, presente em todo o Brasil e que se divide em sete ramos: produção de bens e serviços, infraestrutura, consumo, transporte, saúde, agropecuário e crédito. 

Referência no ramo da saúde, a Unimed Campo Grande surgiu há 46 anos na Capital sul-mato-grossense, consolidando-se a 51ª instituição do maior sistema cooperativista médico do mundo. Sua missão é proporcionar saúde por meio do cooperativismo de trabalho médico de excelência, garantindo a satisfação de clientes, cooperados e colaboradores. 

O diretor-presidente da Unimed CG, Maurício Simões Corrêa, destaca que a base do cooperativismo está no bem-estar das pessoas. “Eu vejo que o cooperativismo continua vivo porque é focado fundamentalmente no ser humano, e continua em ascensão exatamente porque é uma sociedade de pessoas e não de capital”. 

Doutor Maurício afirma que fomentar o cooperativismo é uma forma de tentar corrigir as desigualdades da sociedade. “O cooperativismo foca suas atitudes, investimentos e resultados no ser humano, seja na prestação do serviço ou na distribuição dos resultados. No cooperativismo de saúde, nós trabalhamos focados em oferecer qualidade em atenção à saúde dos clientes e o resultado disso é voltado para a qualidade de vida dos médicos cooperados e colaboradores da empresa”.


Comunicação Unimed Campo Grande